A 12.ª edição do festival Semibreve conta, mais uma vez, com o Prémio Semibreve promovido pela Edigma. Até 15 de junho, estão a ser aceites trabalhos que explorem a relação entre arte e tecnologia, apresentados sob a forma de instalação. O vencedor contará com a sua obra exposta na edição de 2022 do festival.

25 Março 2022
25 Março 2022

Com o intuito de celebrar e promover a criação de trabalhos que explorem a interatividade, o som e a imagem suportados através da utilização de tecnologias digitais, o Edigma Semibreve Award é um prémio dedicado à criação artística nas Media Arts. O prémio é promovido pela Edigma, uma empresa portuguesa líder no desenvolvimento de experiências interativas, tecnologia multi-touch e projetos digitais.

Christian Skjødt Hasselstrøm foi o vencedor da edição de 2020 com a instalação ““RADAR L/410ª”. A obra do artista dinamarquês esteve em exposição no Theatro Circo durante a edição de 2021 do Semibreve.

O Festival Semibreve, organizado desde 2011 pela AUAUFEIOMAU com o apoio da Câmara Municipal de Braga, afirmou-se como um evento incontornável no panorama da música eletrónica exploratória nacional e internacional da última década.

O vencedor do Edigma Semibreve Award receberá 2.500 euros e só são elegíveis trabalhos produzidos entre 2019 a 2022.

Formulário de candidatura e regulamento disponíveis em www.festivalsemibreve.com/en/award.

 

EDIGMA SEMIBREVE Winner 2021: RADAR L/410A - Christian Skjødt Hasselstrøm.

Fotografia: Adriano Ferreira Borges / Semibreve