O artista visual Marcel Weber, que se apresenta também como MFO, é uma cara bem conhecida dos seguidores da música eletrónica contemporânea. A lista de nomes com quem já colaborou é extensa e qualitativamente rica, e inclui nomes de referência oriundos de diferentes áreas, do som à imagem. Posto isto, não será estranho se encontramos o nome de Marcel Weber associado a reputados artistas sonoros e músicos como Ben Frost, Roly Porter, Tim Hecker, Stars of the Lid, Kara-Lis Coverdale ou Liz Harris (Grouper).

Ao longos dos tempos, Weber tem dirigido e produzido performances audiovisuais, desenhos de palco, trabalhos vídeo e instalações artísticas. É também parte integrante de dois dos melhores festivais de música eletrónica e arte digital na Europa: o festival Atonal, em Berlim, enquanto diretor de luz e visuais, e no festival Unsound, na Polónia, com quem colabora a tempo inteiro. Como artista, as suas performances e instalações figuraram já nos mais importantes festivais de arte digital, do CTM ao Transmediale, ambos em Berlim, passando pelo Mutek, no Canadá. Fora do circuito dos festivais, um sem número de instituições na Europa, Estados Unidos da América e Austrália, receberam alguns dos seus trabalhos.

O trabalho de Marcel Weber diferencia-se. Primando-se por uma estética muito bem definida e distintiva, recorre à utilização da imagem e da luz atmosférica para ressoar e formar um relacionamento coeso com o som. Nos trabalhos de performances, preocupa-se com as questões da memória, da perceção e da formação e dissolução da identidade.

O resultado que obtém é amplo e bem conseguido, atingindo uma experiência em diferentes camadas, comunicada por imagens dinâmica que originam um cosmos feito de fotografias, texturas, distorções e a sensação mágica de momentos surreais, estimulantes ao subconsciente.

 

  • 29 Feb. até 06 Jun.
galeria INL @gnration
gnration
Entrada livre

parceiro INL –  International Iberian Nanotechnology Laboratory
scale travels é um programa colaborativo sobre arte e nanotecnologia
direção artística e produção gnration
supervisão científica Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia