Pedro André propõe realizar uma cartografia sonora da cidade de Braga, integrada no seu trabalho "Crossfade Memory". O projeto parte de field recordings para logo os descontextualizar e reutilizar na criação de uma paisagem fictícia. O processo de trabalho envolve vários registos documentais complementares ao som, como o desenho e a fotografia.

Entidade
Marvellous Tone

Público-alvo
Todas as idades