Estão abertas as candidaturas para a 13ª edição Prémio Novos Artistas Fundação EDP. Esta é uma iniciativa bienal que visa revelar e apoiar o talento nacional emergente no domínio das artes plásticas e visuais. 

06 Nov. 2018

link
download

Open Call: Prémio Novos Artistas Fundação EDP

Estão abertas as candidaturas para a 13ª edição Prémio Novos Artistas Fundação EDP. Esta é uma iniciativa bienal que visa revelar e apoiar o talento nacional emergente no domínio das artes plásticas e visuais. 

06 Nov. 2018

link
download

O Prémio Novos Artistas Fundação EDP foi instituído em 2000 e destina-se à revelação de novos valores da criação nacional no domínio das artes plásticas. Com uma periocidade bienal, é reconhecido como um dos prémios mais significativos no panorama artístico português e é atribuído por um júri internacional, selecionado a cada edição. Destina-se a apoiar a continuação do estudo ou do trabalho de criação e investigação do artista vencedor.

Em cada edição são selecionados até nove candidatos para participarem numa exposição a realizar no âmbito da atribuição do Prémio, exposição essa que pode ocupar diferentes espaços nacionais. A premiação destes artistas e a participação dos restantes tem-se revelado fundamental para o início ou reforço de significativas e notáveis carreiras nacionais e internacionais. Dos vencedores, destacam-se Joana Vasconcelos, Leonor Antunes, Vasco Araújo, Carlos Bunga, André Romão, Gabriel Abrantes, Priscila Fernandes, Mariana Silva e Claire de Santa Coloma.

Podem candidatar-se portugueses residentes ou não em território nacional, sem limite de idade. As candidaturas decorrem entre 10 de outubro e 14 de novembro de 2018 e os interessados podem candidatar-se aqui. A equipa curatorial de seleção desta da 13.ª edição é constituída por Inês Grosso, curadora do MAAT, Sara Antónia Matos e João Silvério, curadores e críticos de arte.  A eles caberá a escolha de seis a nove candidatos que terão a oportunidade de participar numa exposição coletiva no MAAT, com data ainda a definir.